Vale do Pati: 3º melhor trekking do mundo!

O terceiro melhor trekking do mundo, o Vale do Pati oferece uma experiência ímpar aos agraciados que podem visitá-los. Não apenas o Pati em si, mas a jornada partindo do Capão oferece vistaws magníficas e enconros dislumbrantes  com a fauna e a flora típica  da Chapada Diamantina. No Pati, ainda mais. Confira o roteiro, veja as fotos, leia os comentários de que já foi lá. Simplesmente, inesquecível!

TOTALMENTE REALIZADA DENTRO DO PARQUE NACIONAL, A TRILHA PARA O VALE DO PATI É SIMPLESMENTE O 3º MELHOR TREKKING DO MUNDO! COM POSSIBILIDADE DE SAÍDA DO GUINÉ, COM DURAÇÃO DE 4HS DE TREKKING, E SAÍDA DO VALE DO CAPÃO, COM DURAÇÃO DE 7HS.

EMOCIONANTE, INIGUALÁVEL, A TRILHA PARA O PATI, JUNTAMENTE COM A ESTADIA NA CASA DE NATIVOS, OS PASSEIOS AO CASTELO, AO CACHOEIRÃO, O CONTATO COM UMA NATUREZA INCONFUNDÍVEL, ÚNICA E INTOCADA, O MISTICISMO E O ENCONTRO CONSIGO MESMO, É UM CONJUNTO DE FATORES QUE ELEVAM A QUALIDADE DA EXPERIÊNCIA A NÍVEIS QUE POUCOS LUGARES DO MUNDO POSSIBILITAM.

Das atrações do vale destaca-se a convivência com os nativos, que habitam o lugar a algumas décadas, vivendo de modo tradicional, com o que eles tem lá, meio de transporte lá é cavalo e burro, fora a caminhada, constroem suas casas com madeira e barro locais, quase sem cimento, que é pouco utilizado apenas nas bases das casas mais novas, tem uma culinária peculiar, não deixe de provar o Palmito de Jaca e o Godó de Banana Verde, converse muito com eles, entenda mais do seu modo simples de viver, talvez você nunca mais volte a ser o mesmo!

Dentro do Vale do Pati existem várias atrações naturais onde é possível a visitação, as mais conhecidas e visitadas são: Cachoeiras dos Funis, Morro do Castelo (ou Lapinha), Cachoeira do Calixto, Cachoeirão (por cima e por baixo), Poção (ou Poço da Árvore). Vou explanar um pouco como são atrativos tendo como ponto inicial a Casa de Dona Raquel, que é o lugar mais famoso onde a galera fica quando chega, além da casa de Dona Raquel, também tem a Igrejinha, Casa de Dona Lea, Casa de André, Casa de Agnaldo e Casa de Seu Wilson, que ficam no chamado “Pati de Cima” que é por onde a galera que vem do Capão normalmente chega. Ainda tem o “Pati de Baixo” onde tem a Prefeitura, Casa de Jailson, Casa de Seu Eduardo e Casa de Jóia que também recebem turistas.

Cachoeiras dos Funis - é um dos atrativos mais perto (ponto de referência Casa de D. Raquel), para chegar na primeira cachoeira é preciso pegar uma trilha subindo que passa ao lado da casa de Seu Wilson, depois desce tudo à direita até chegar na margem do rio Pati e vai subindo, a partir daí não tem erro. Chegando na primeira cachoeira que já pede um bom banho, vai seguindo pelo lado esquerdo do leito (esquerdo de quem vai subindo o rio) pelas trilhas, vai chegar na Segunda cachoeira, preste atenção do lado esquerdo tem uma “escalaminhada” sobe ela, passa pela cachoeira por cima, e continua pelo lado esquerdo as trilhas até a ultima cachoeira que tem um bom lajedo para tomar um solzinho no melhor estilo calango

 

Cachoeirão por cima ou po baixo - Os nativos que vivem no Pati abrem suas casas para receber os turistas que visitam o vale. A pouca energia elétrica das placas solares são usadas para iluminação e importantíssimas para recarregar a câmera fotográfica. O banho é gelado. O fogão, à lenha. A chaleira tem sempre uma água fervendo como se esperasse a hora do café. Nos quartos, uma cama e nada mais. Simples e bem cuidada, a hospedagem é mais que o suficiente para garantir descanso adequado após um intenso dia de caminhada. A trilha adentra o cânion até um poço de águas avermelhadas em formato de coração. Estamos no pé do Cachoeirão. Dizem que quando chove bastante são formadas até vinte quedas d’água.

Pousada Vale do Capão

POUSADA ACONCHEGO | Hospedagem, Loja de Variedades e Agência de Ecoturismo

Praça São Sebastião, Vila do Vale do Capão - Chapada Diamantina / Bahia - Brasil.

Tel: 75 3344-1160 | WhatsApp: 99277-8575 | 99257-4857 

Powered by Editora NoValedoCapão © 2015 - WebMaster/Designer: Manoel Novaes Neto